Minha experiência com o Big Chop

Primeiramente vamos explicar o que significa big chop. Já vimos várias vezes por aí esse assunto circulando pelo mundo da internet, muitas meninas realizando o procedimento pra assumir seu cabelo natural. 

Big chop significa grande corte em português, tá mas o que isso significa? Esse procedimento é feito quando meninas e meninos decidem assumir o seu cabelo natural, cortando toda a parte com química e deixando apenas os fios naturais. Esse processo ele é feito por pessoas de cabelos cacheados, crespos (afros) e ondulados.

Agora que já explicamos um pouco o que significa Big Chop, irei compartilhar com vocês como foi minha experiência com o big chop e um conselho pra você que está passando por essa fase ou está pensando em passar. Estão preparados pra ver a Jaqueline Kid, veja a foto a seguir.

Na minha infância meu cabelo era bem crespo, minhas manhãs eram tensas, era um sacrifício quando minha mãe me chamava para arrumar meu cabelo, ele era muito crespo, embolava muito fácil e pra conseguir ir com o cabelo arrumado pra escola minha mãe tinha que desembaraçar com pente de madeira, ele secava rápido e sempre tinha que está úmido pra conseguir desembaraçar e arrumar. Eu chorava bastante na hora de arrumar meu cabelo, minha mãe pra me convencer falava que ia pentear devagar pra não machucar minha cabeça mas não adiantou por muito tempo. Passado os anos, minha mãe resolveu comprar um produto que na época era muito famoso, chamado Toin Floft Kids da Embelleze (que por sinal só descobri hoje que era da Embelleze).

Esse produto ajudou bastante na época, porque os cachos soltaram bastante e isso facilitou muito na hora de pentear meu cabelo, tive uma fase em que eu estava felizona com meu cabelo, estava bem realizada, me sentindo maravilhosa. Fui ficando mais velha e decidi alisar meu cabelo, se não me engano essa fase do alisamento começou com 11 anos e foi até eu completar 14 anos. No ano em que eu iria completar 15 anos decidi voltar aos cachos, porém decidi fazer o procedimento no Beleza Natural, foi ótimo por um lado mas o que me desmotivou bastante meses depois foi que eu tive que cortar o cabelo logo no início. Não aguentei nem 3 meses de cabelo curto, esperei só um tempo pra que ele ficasse um pouco grande pra voltar a alisar. 

Alisei o cabelo novamente e desde então mantive ele assim. Em setembro/2018 eu decidi colocar tranças pra iniciar essa fase de autoaceitação, eu estava com um palmo de raiz cacheada e o restante estava totalmente liso por conta da química que eu passava no cabelo. Meu cabelo estava com várias definições e estava me incomodando bastante por conta disso resolvi colocar as box braids, confesso que foi a melhor coisa que eu fiz no meu cabelo porque o resultado que estou tendo agora é justamente por conta dessa escolha que eu tive, foi tarde porque se eu tivesse colocado antes da última vez que eu alisei eu já estaria com o cabelo grande e todo cacheado. Atualmente meu cabelo está curto, a única parte que ainda passa por transição é a minha franja, tem um pedaço que ficou bastante danificado e é difícil o cacho ficar definido. Meu único erro na hora de colocar a box braid foi que eu coloquei preta em vez de colocar um tom próximo do tom do meu cabelo. NÃO QUERO ENTRAR EM ASSUNTO DE APROPRIAÇÃO porque eu acredito que cada um usa o que quer e o que vai ajudar a aceitação do cabelo natural. 

Não aguentei ficar muito tempo com as tranças, tinha pensado em casar com tranças mas no último dia que eu fiquei com as box braids do nada caiu uma luz em mim, eu resolvi cortar meu cabelo, esperei meu esposo sair pro trabalho pra enfim ter coragem de tirar as tranças e cortar as partes lisas. Não chorei, não me arrependi, simplesmente peguei a tesoura e resolvi cortar as pontas lisas, pontas que estavam grande. Sempre escutei minha família: "Jaqueline, corta o cabelo. Assume seu cabelo natural." mas eu não aceitava escutar, ficava chateada e chegava até discutir. Eu sou do tipo de pessoa que só faz algo quando tenho vontade, a pessoa pode ficar anos falando pra eu fazer algo e eu não vou fazer, só irei quando for da minha vontade fazer. Não foi fácil aceitar que as pessoas estavam certas e que elas queriam o meu melhor, eu sempre escutava e levava aquilo como uma negativa. 

O dia que eu cortei meu cabelo foi muito especial, não estava me importando com o que iam falar, não estava ligando se ia me arrepender depois, por sinal eu não me arrependi. Eu dei meu tempo, decidi cortar quando me senti preparada para o olhar das pessoas e o meu olhar, eu estava começando uma nova fase, ia casar e já estava na hora de assumir o meu cabelo natural. Nos dias atuais eu fico chateada porque meu cabelo está curto ainda mas não me arrependo de ter cortado, simplesmente penso que poderia ter feito isso anos atrás e atualmente ele já estaria grande ou não teria alisado. 

Ao lado a foto do dia em que fui pedida oficialmente em casamento. Meu esposo, minha mãe e eu. Meu cabelo estava bem curto mas eu estava me sentindo tão realizada com meu visual, todo mundo dizia que eu estava combinando com o cabelo natural e que eu deveria assumir esse visual. 

O conselho que eu tenho pra te dar é que só corte seu cabelo se você se sentir preparada (o) pra isso, não vai na onda das pessoas, não escute os outros, siga a sua vontade interior, o seu eu interior, só corte o cabelo quando você ver que não ira se arrepender e se acontecer de se arrepender depois pense que cabelo cresce e não faz mal mudar o visual. Não é moda, não é fase, é autoaceitação, se você está cansada (o) alisar o cabelo e acha que se assumir o natural as pessoas vão te achar feia (o) ignore as pessoas, pense em você no seu bem estar, passei minha infância e minha adolescência vivendo em prol da opinião dos outros e esquecendo o que eu pensava sobre mim, hoje em dia com 25 anos eu vejo que deixei muitas oportunidades pra trás com medo do que os outros pensariam de mim sendo que na verdade eu não tinha que me importar com eles e sim comigo. Então, siga seu coração, faça o que você acha que será o melhor pra você.


11 comentários

  1. Exatamente isso! Seguir o coração e não ficar presa a "regra da sociedade". Temos que nos sentir bem, isso que é o importante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey, Gisele :)

      Seja muito bem vinda ao nosso lar.

      Sim, verdade. Aprendi depois de muitos anos que devo apenas me escutar na hora de decidir algo sobre minha aparência porque na maioria das vezes quem está de fora ira te dar uma opinião negativa.

      Volte sempre ♡

      Excluir
  2. Vc já desfilou por vários estilos de cavbelo e foi linda em todos eles , mas cada fase é uma fase. Que bom que vc se redescobriu e reinventou... provavelmente uma versão mais autêntica e uma fase nova da vida junto com o novo esrilo de cabelo esteja vindo! Desejo sucesso. Ficou linda e original!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey, Pri.

      Bom te vê aqui, bem vinda ao nosso lar. ♡

      Sim, eu fiz bastante mudança capilar, tanto em tintura como estrutura rs. Cada fase conta uma história e isso é importante. Sim, cada dia é algo diferente que eu acrescento em mim, por ser geminiana estou sempre querendo mudar e tentar coisas diferentes. Atualmente penso em colocar tranças de novo e pintar o cabelo.

      Muito muito obrigada ♡

      Excluir
  3. Guria, sua transição é algo admirável. Eu sinceramente senti repulsa ao ler na embalagem que você pôs ali em cima da Toin Floft Kids, "para cabelos rebeldes ou difíceis ", cabelos crespos, cacheados, não são difíceis, são lindos. Acho o cúmulo colocar isso na embalagem, mas felizmente você superou isso tudo. Nunca desista de ser quem voce é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey, Andréia.

      Tudo bem? Seja muito bem vinda ao nosso lar. ♡

      Eu quando era criança não tinha muita noção das coisas né mas hoje em dia sei que alguns termos não são muito bem escolhidos. Exatamente, faz muitos anos isso então na época ninguém ligava também para cachos, era "moda" cabelo liso.

      Sim, muitas empresas perdem clientes por conta da mensagem que elas querem transmitir, é isso é ruim pra eles não pra quem consome. Obrigada pela força.

      Volte sempre!! ♡

      Excluir
  4. Muito bacana de saber sobre sua experiencia. É isso mesmo, auto aceitação. Feliz com seu cabelo! Isso mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey, Vany.

      Tudo bem? Seja bem vinda ao nosso lar ♡

      Obrigada, a auto aceitação abre muitas portas que foram trancadas pela nossa mente.

      Volte sempre!

      Excluir
  5. Eu n consigo ficar com meu cabelo natural, da tanto trabalho =((((

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey, Cah.

      Sei bem como é isso, já desisti da transição capilar por várias vezes mas chegou um momento que eu fiquei cansada do trabalho que estava tendo e cortei a parte lisa. Se você não chegou ainda no momento de cortar, coloca box braids, isso vai te ajudar bastante. Se quiser conversar pode me chamar no facebook.

      Volte sempre, espero que consiga assumir seu cabelo! ♡
      Um grande beijo

      Excluir
  6. Seguir aquilo que faz seu coracao vibrar, fazer aquilo que te deixa feliz mesmo que incomode a sociedade!!! Parabens floor... Um abraco
    www.enriquecendoaos30.com

    ResponderExcluir